G-7SE9SJDJX8 G-7SE9SJDJX8
top of page

O Arco que Impulsiona a Atenção: Da Mente Individual à Mente Colectiva - Tao e o Campo Zero - O Caminho do Tao e o Efeito Observador

Atualizado: 11 de abr.





Lao-Tzu é uma figura central na filosofia e cultura chinesas. Ele é considerado o fundador do Taoísmo, uma das principais escolas de pensamento na China antiga. Acredita-se que Lao-Tzu tenha vivido na China durante o século VI a.C. De acordo com a lenda, ele era um sábio e um bibliotecário na corte dos Zhou, a dinastia governante da época. No entanto, desiludido com a corrupção e a decadência da sociedade, Lao-Tzu decidiu deixar a civilização e buscar a verdadeira sabedoria nas montanhas.


Segundo a lenda, ao partir, ele ditou o "Tao Te Ching" a um guarda da fronteira, que lhe pediu que deixasse os seus ensinamentos antes de se ir. "Tao Te Ching" é um texto fundamental do Taoísmo que oferece orientação sobre como viver em harmonia com o Tao, o princípio fundamental que permeia o universo. É composto por 81 pequenos capítulos que exploram temas como a natureza do Tao, a virtude, o desapego e o caminho ideal.


TAO E O CAMPO ZERO


No seu primeiro capítulo, o Tao Te Ching diz-nos:


O tao que pode ser dito
não é o eterno Tao
O nome que pode ser nomeado
não é o Nome Eterno.

O inominável é o eternamente real.
Nomear é a origem
de todas as coisas particulares.

Livre do desejo, percebes o mistério.
Preso no desejo, vês apenas as manifestações.

No entanto, mistério e manifestações
surgem da mesma fonte.
Esta fonte é chamada de Mistério.

O Mistério dos mistérios.
A porta de entrada para todo o entendimento.


Aqui Lao Tzu fala-nos da forma e da essência. A essência é o Tao, o vácuo, que não pode ser dito ou nomeado, pois isso é já forma, é já manifestação.

Com desejo - dentro da mente individual - apenas veremos a casca, a forma, a manifestação. Sem desejo - dentro da Mente Universal - compreenderemos a essência, o mistério.


Mas ambos - tanto a essência como a forma - são inseparáveis e têm origem no Mistérios dos mistérios que é o Tao. Como são unidos, integrados? Esse é o Mistérios dos mistérios -- cada coisa é, em si mesmo, um portal escancarado diante de nós - todas as coisas nos levam à essência que é o Tao.


Apenas com este pequeno texto, podemos dizer que as características do Tao se assemelham em muito às do Campo Zero definido pela física quântica. Ambos representam um estado básico, anterior à manifestação, ambos são caracterizados por uma energia inerente que permeia tudo, até mesmo o vácuo, podendo ser vistos como a origem primordial de toda a criação.



O CAMINHO DO TAO E O EFEITO OBSERVADOR


A filosofia central de Lao-Tzu é que o Tao é a fonte de todas as coisas e que o caminho para a felicidade e a realização está em nos alinharmos com o fluxo natural do universo, em vez de lhe resistir. Ele enfatiza a importância do Wu-Wei, que significa "ação não-agindo".


No seu segundo capítulo, o Tao Te Ching diz-nos:


Enquanto o mundo entender que a beleza é bela, a feiúra existirá.
Enquanto o mundo compreender que o bem é bom, o mal existirá.
Com isso aprendemos que:
A existência afirma a inexistência,
A facilidade afirma a dificuldade,
O longo e o curto se delimitam, 
O alto e o baixo se inclinam
O tom e o som harmonizam-se,
O antes e o depois seguem-se um ao outro. 

Do mesmo modo,
O sábio executa as suas tarefas sem agir,
transmite ensinamentos sem palavras, 
Produz sem se apropriar de coisa alguma,
Mas não lhes nega auxílio às coisas que agem;
antes, significa que ele aceita as coisas como elas são,
sem fazer nenhuma exigência.
E assim o mérito jamais o abandona 
E as suas obras meritórias subsistem."

O ser e o não ser, o belo e o feio, o bem e o mal, geram-se mutuamente. Este é o fluxo do Tao na dualidade, na manifestação. Todas as coisas agem e o sábio não lhe nega auxílio, ele auxilia o fluxo de energia do Tao, pois tudo se harmoniza por si: "o longo e o curto se delimitam, o alto e o baixo se inclinam, o tom e o som harmonizam-se, o antes e o depois seguem-se um ao outro". O sábio realiza a sua tarefa sem ação, sem pedir gratidão e sem se apegar. E assim terá sempre mérito.


Na Física Quântica, o Efeito Observador mostra como apenas com a observação por parte de uma consciência no Campo Zero, partículas quânticas se manifestam. Para mim, o uso correcto da atenção é a tarefa do sábio, que a cumpre sem necessitar de agir. O Efeito Observador aceita tudo o que é, não se apega, cria manifestações conforme as leis quânticas, que parecem ser as leis do Tao, as duas descrevendo o Universo como um Todo inter-conectado:


Então qual é o caminho do Tao?

No capítulo 77, Lao Tzu diz-nos:


O Caminho, O Tao é como a flexão de um arco. 
A parte superior é perturbada, pressionada para baixo. 
A parte inferior é elevada do seu lugar. 
A folga é compensada, a largura estreita é ampliada.
O excesso é reduzido e a deficiência é reabastecida.

O caminho do Tao segue as leis do Tao. As leis do Tao são as melhores pois são elas que formam o mundo. Não existem outras. Na manifestação, na dualidade, tudo é complementar e inter-conectado como o movimento de um arco quando flectido. Os opostos complementam-se, delimitam-se mutuamente e compensam-se naturalmente.


Outra tradução do mesmo Capítulo:


Dobra o arco para imitares o Caminho do Céu:

puxa a corda resolutamente,

o arco muda de comprimento e largura,

voltando-se para si mesmo.

Liberado com determinação,

o arco projecta a sua flecha fixamente a um alvo,

ao equalizar-se.


Uma outra:

O arco pode disparar para cima ou para baixo, conforme necessário,

sempre buscando equilibrar flexibilidade e coesão,

sempre buscando resolver excessos e deficiências de energia.

Equalizando, equilibrando e resolvendo

são os Caminhos do Céu.



Para conseguirmos atirar a flecha da atenção para o alvo da Mente Universal, fora da perspectiva da Mente Individual, é necessário fazer o arco voltar-se para si mesmo: auto observação sem intenção, também chamado de Healing, que é o uso consciente da atenção, focando-a no portal que, afinal, somos, e conectando-nos com esse EU expandido, fluindo na nossa essência e não na nossa casca.

56 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Cura Energética

O Que é Cura Energética? O objetivo principal da cura energética é elevar o bem estar geral ou particular, físico, emocional ou mental, ou todos, desbloqueando, elevando ou equilibrando o fluxo de ene

Comments


bottom of page